Menu

Lenilda: quer revisão no prazo de conclusão da 1ª CNH

Além disso, ela defende parceria  Detran-MS  e Prefeitura destinada a executar a sinalização viária do município (foto: Iramar Ferreira) Além disso, ela defende parceria Detran-MS e Prefeitura destinada a executar a sinalização viária do município (foto: Iramar Ferreira)

A revisão no prazo de conclusão do processo da 1ª habilitação no interior do Estado e municípios que não dispõem de bancas permanentes foi sugerida pela vereadora Lenilda Damasceno (PDT) ao Governo do Estado.

Ela disse que, de acordo com o Código Nacional de Trânsito, o candidato reprovado tem a chance de realizar novo exame após 15 dias.

Conforme esclareceu, no interior do Estado, os exames práticos para obter a  permissão para dirigir ocorrem uma vez por mês, o que penaliza e diminui as chances dos candidatos.

“Em alguns casos os exames chegam ao  intervalo de 45 dias entre um e outro. Em novembro de  2017 não houve exame  prático  por esses motivos apontados”, recordou.

Outra medida defendida pela parlamentar ao governo  refere-se à adoção de estudos visando firmar convênio entre o Detran-MS e a Prefeitura com a finalidade de se efetuar a sinalização viária do município.

Segundo ela, os recursos arrecadados com multas devem, obrigatoriamente, serem investidos  em segurança e sinalização das vias públicas e educação para o trânsito, juntamente com a execução do compromisso firmado pelo Governo do Estado e os municípios.

“O governador Reinaldo Azambuja tem como meta um governo aberto ao diálogo, no qual a prioridade são as pessoas”, lembrou, ao afirmar que esses recursos investidos na sinalização  auxiliam as cidades a organizarem o fluxo de pedestres, ciclistas e motoristas.

 

voltar ao topo

CENTRAL DE ATENDIMENTO

  • Praça Nossa Senhora Imaculada Conceição, 85, Aquidauana-MS
  • Horário de Atendimento - 2ª a 6ª (8 às 12h)
  • Sessão Plenário - Todas as 4ª feiras (8:30h)
  • Email de Contato - ouvidoria@cmaquidauana.ms.gov.br
  • Telefone & Expediente - (67) 3241-4350