Legislativo aprova Moção de Pesar pelo falecimento de Célia Benevides

08/05/2024 - Por: ASCOM - Visitas: 153

Compartilhe:

Na Sessão Legislativa realizada na noite de ontem, terça-feira (07) no Plenário Estevão Alves Corrêa da Câmara Municipal de Aquidauana, o vereador Sargento Cruz (PP) nos expressos termos do dispositivo no inciso IV, do § 1º, do art. 168, do Regimento Interno, apresentou Moção de Pesar aos familiares da senhora Célia Silva Benevides pelo seu falecimento ocorrido no dia 04 de maio deste ano, no Hospital Regional Doutor Estácio Muniz em Aquidauana, após sofrer um infarto.

Em sua justificativa o vereador Sargento Cruz destacou que Célia Silva Benevides nasceu em 1954, filha do casal Elmo Benevides e Tereza Emília da Silva Benevides (in memoriam), e era uma trabalhadora incansável, sua paixão sempre foi trabalhar, o que fazia por prazer. “Ela faleceu aos 69 anos”.

Segundo o parlamentar, Célia Benevides que residia há mais de 40 anos na rua Abdala Macksoud, Vila Santa Terezinha, trabalhou de doméstica, serviços gerais nos hospitais e por fim como agente comunitária de saúde até 2018, serviço que amava. “Em decorrência de um infarto não conseguiu retornar ao trabalho”.

Era evangélica e frequentava a 1ª Igreja Batista de Aquidauana, mulher correta e honesta, por isso mesmo, muito respeitada no seu círculo de amizade. “Sempre foi cultivadora da paz, do amor, e com certeza fará muita falta. Pessoa digna de confiança e de uma amizade sincera, deixando grande exemplo de vida para todos”, enfatizou o vereador Sargento Cruz.

Célia Benevides uma das moradoras mais antigas e conhecida do Bairro Santa Terezinha, era uma pessoa muito simples, mas de grande alegria, que contagiava e cativava facilmente as pessoas ao seu redor com sua simpatia. “Seu legado de trabalho e dedicação será o consolo desta grande família, formada pelos irmãos, Celso da Silva Benevides, Nelson da Silva, Joélcio da Silva Benevides, Dalva Benevides da Silva e Lilian Tereza da Silva Oliveira; filhos: Rodrigo Alex Benevides Figueiró e Erico Silva Benevides; nora: Ione Sandri Figueiró: e netas: Eduarda Sandri Figueiró, Sofia Sandri Figueiró e Rafaela Sandri Figueiró, encerrou seu ciclo de vida, e sua geração se perpetuará em nossa querida cidade”, frisou o parlamentar em sua justificativa.

Sua morte, enluta não somente seus familiares e amigos, mas toda sociedade, pois se trata da perda de uma cidadã trabalhadora, alegre, exemplo de honestidade e caráter, seu legado ficará nas lembranças daqueles que tiveram a oportunidade de conhecê-la e com ela conviver. “Aos seus familiares, essa Casa Legislativa não poderia deixar de prestar essa singela homenagem póstuma, desejando que a paz, o consolo e a força da fé reinem no meio de todos, primando o amor a Deus sobre todas as coisas para que a nossa querida amiga Célia descanse em paz. Apresento publicamente sentimentos de pesar, nos solidarizando nesta hora de dor”.

Logo após desejar que Deus em sua infinita bondade possa recebê-la no céu e que traga conforto aos corações de todos os seus familiares e amigos enlutados, a Moção de Pesar que demonstra o apreço, amizade e admiração pelo que representa a senhora Célia Benevides foi submetida a votação em plenário e aprovada por unanimidade pelos vereadores presentes na Sessão Legislativa e logo em seguida entregue aos seus familiares.